A barragem do rio Vacaria é um sonho antigo da comunidade local. Seu projeto, da década de 1950, estava paralisado e a SAM poderá torná-lo uma realidade com a viabilização do Projeto Bloco 8.

Em 2012, a SAM assinou um Protocolo de Intenções com o Governo do Estado de Minas Gerais para a construção de duas barragens de água: a barragem do rio Vacaria e a barragem do Vale.

A barragem do rio Vacaria, em Fruta de Leite e Padre Carvalho (MG), permitirá a disponibilização de cerca de 4.000 m3/h de água para o Governo para atendimento às populações locais. Além disso, ela irá fornecer água ao Projeto Bloco 8.

Está previsto ainda um projeto de irrigação de 950 hectares que irá beneficiar os pequenos produtores rurais da região, principalmente aqueles envolvidos diretamente com o Projeto Bloco 8. À SAM caberá a distribuição dos kits de irrigação. A definição dos locais a serem irrigados e as culturas a serem plantadas ficarão a cargo do Governo de Minas Gerais. A barragem do Vale, no município de Grão Mogol, disponibilizará água – também via Governo do Estado – para fornecimento ao Vale das Cancelas comunidade na região de atuação da SAM.

O projeto da SAM, com a construção destas barragens, irá contribuir para aumentar a disponibilidade de água na região em volumes superiores aos que o projeto precisa para operar, fato que evidencia a geração de beneficios diretos e a atenção às necessidades da região.

As barragens estão em processo de licenciamento ambiental e os projetos de engenharia estão em andamento.

A SAM possui uma outorga (autorização) para uso da água da represa de Irapé em suas operações. Ela foi expedida pela Agência Nacional de Águas e é considerada no atual licenciamento ambiental. Porém, caso seja viabilizada ambientalmente, a barragem do rio Vacaria passará a ser a fonte principal de água para o Projeto Bloco 8.