O desenvolvimento do Projeto Bloco 8 tem como um de seus marcos a realização de intensa campanha de sondagem geológica.

O programa de sondagem totalizou 65.627,69 metros de testemunhos e 26.492 resultados analíticos, o que definiu uma grande jazida de minério de ferro, com reservas medidas e indicadas estimadas em 2.614 milhões de toneladas de minério de ferro com teor médio de 20%. As reservas inferidas correspondem a 0,986 milhões de toneladas com 18,34% de teor de ferro.

A partir dos estudos geológicos, foram identificadas mineralizações de ferro associadas a Metadiamictitos amplamente observados na região e que apresentam algumas características especiais como o baixo a médio teor de ferro e a larga predominância de hematita sobre magnetita. A mineralização é considerada favorável à lavra, pois o minério, em sua maioria, é friável ou facilmente desagregável. Além disso, o ângulo de mergulho da camada mineralizada traz características que resultam em uma baixa relação estéril/minério.

As mineralizações de ferro associadas a Metadiamictitos no Projeto Bloco 8 são pertencentes ao Grupo Macaúbas, formação Nova Aurora e são rochas com matriz areno-argilosa, com quartzo, hematita, magnetita, moscovita, clorita e biotita como minerais principais.