A SAM promoverá a estruturação dos planos diretores municipais de Grão Mogol, Padre Carvalho, Fruta de Leite e Josenópolis, municípios onde a empresa está desenvolvendo o Projeto Bloco 8.

O empreendimento de mineração prevê além de uma mina de minério de ferro, a construção da barragem do rio Vacaria na região. A barragem de água construída para o projeto, além de proporcionar a regulação do rio Vacaria irá disponibilizar água para o Governo de Minas distribuir às comunidades locais, trazendo benefícios a todos os envolvidos.

O Projeto Bloco 8 traz consigo a perspectiva de uma nova realidade para uma região de grandes potencialidades, mas que muito sofre com a falta de estrutura, oportunidades e o desemprego. Nesse sentido, a SAM vem se aliar às administrações locais na busca de alternativas para o crescimento sadio e bem planejado. E um passo muito importante para isso foi dado. A empresa irá apoiar a estruturação dos planos diretores municipais nos quatro municípios onde está inserida.

Num projeto piloto, a SAM assinou com o município de Grão Mogol um memorando de entendimentos em que se compromete com o apoio técnico e financeiro para o desenvolvimento do seu Plano diretor.

Instrumento de ordenamento do território, o Plano diretor visa estabelecer as condições para o uso e ocupação das áreas urbanas e rurais.  Com início das atividades no segundo semestre do ano que vem, esse planejamento deverá ser conduzido pela Prefeitura de Grão Mogol, aprovado pela Câmara de Vereadores e, principalmente, contar com o envolvimento de toda sociedade em sua elaboração, implementação e revisão.

A previsão é o que também os municípios de Padre Carvalho, Fruta de Leite e Josenópolis sejam beneficiados e também tenham seus planejamentos territoriais estruturados. 

Uma vez que a finalização dos estudos ambientais do projeto Bloco 8 se aproxima, a empresa dá os primeiros passos para o desenvolvimento dos programas para o tratamento (mitigação) dos impactos de seu empreendimento na região. A assinatura do memorando, mesmo antes do Projeto Bloco 8 ter seu licenciamento ambiental concluído, permitirá aos municípios mecanismos de planejamento para receber o desenvolvimento de forma ordenada, beneficiando a todos os envolvidos, principalmente a população local.